MIKE by DHI The NetWork

- Edição Especial

4 de março de 2011


A Versão 2011 do MIKE by DHI chegou!
-
Melhor do que nunca


Quase nos esquecemos de falar – se você já não tem, a nova versão está perto de você!


Temos alguns informações para dar:



Quais as novidades?

A Versão 2011 avança ainda mais com nossos esforços para garantir mais facilidade no uso, mais flexibilidade e integração perfeita. Mais uma vez foram incluídos muitos novos recursos importantes, para ajudar os usuários e para progredir ainda mais com as possibilidades de modelagem. Sem dúvida, a Versão 2011 contribuirá para que os usuários do MIKE por DHI ganhem mais projetos e os concluam com sucesso.

Informações adicionais – incluindo flyers sobre a Versão – estão disponíveis em:

http://mikebydhi.com/News/Release2011.aspx

Para baixar a Versão 2011, clique no link a seguir:
http://mikebydhi.com/Download/MIKEByDHI2011.aspx



Informações práticas sobre a Versão 2011 – e informações sobre eventos ao redor do mundo

O serviço de atendimento ao cliente tem trabalhado bastante para enviar a versão 2011 às diversas regiões do mundo. No pacote contendo a versão há uma carta de encaminhamento e um guia de instalação para todos os produtos. Também há informações atualizadas sobre os principais recursos novos de cada produto. Tem materiais adicionais para alguns produtos.


Além disso, há calendários para os cursos regionais em 2011 e informações sobre eventos a serem realizados em sua região. Temos vários eventos muito interessantes ao redor do mundo este ano. Informações adicionais estão disponíveis em:

http://www.mikebydhi.com/Events/Globaleventscalendar.aspx- o calendário é atualizado permanentemente. Esperamos encontrar muitos de vocês nesses eventos.

A 2011 oferece não somente uma nova versão, como também a possibilidade de acessar licenças e hardware adicionais rapidamente por meio do portal SaaS do MIKE por DHI. Para informações adicionais, veja o flyer que vem junto com o pacote da versão ou entre em contato com o escritório da DHI mais próximo de você.



Aviso importante para usuários do MIKE BASIN e do MIKE Zero

Um pacote de manutenção (service pack) está disponível para os usuários do MIKE BASIN e do MIKE Zero. Os pacotes estão disponíveis em: http://www.mikebydhi.com/Download/MIKEByDHI2011ServicePacks.aspx.

Assim, após a instalação da versão 2011, é muito importante instalar o pacote de manutenção. .



Aviso importante para usuários do MIKE C-MAP

A versão 2011 do MIKE C-Map agora é compatível com os sistemas operacionais XP Professional, Vista Business e 7 Professional com 32 ou 64 bits. Contudo, para que a versão 2011 possa ser utilizada, é preciso ter um novo eToken dongle/chave para acessar o banco de dados digitais C-Map Professional+ digital da Jeppesen Marine Norway. Para os usuários do MIKE C-Map, no pacote de remessa da versão 2001 o contrato de licença vem acompanhando de um informativo sobre a substituição da chave. O informativo explica as várias opções e os passos a seguir para obter o novo dongle para os mapas do C-Map. É importante ler com atenção.

Correção às informações prestadas no folheto 'Guia de Instalação' (Installation Guide) que foi enviado junto com a Versão 2011:

Onde se lê: "Note que para extrair informações sobre marés, é necessário ter o banco de dados de mapas C-Map CM93/3 Professional+, versão 460 ou mais recente."

Leia-se: "Para obter a plena funcionalidade do MIKE C-MAP 2011, isto é, para também poder extrair informações sobre marés, é necessário o banco de dados de Mapas Digitais CM93/3 Professional+, versão 274 ou versões mais recentes, ou seja, bancos de dados disponibilizados após novembro de 2007."



O que tem de novo?

Um dos principais enfoques da Versão 2011 tem sido o desempenho. Isto é evidente na lista de produtos que passaram a utilizar o processamento paralelo:

  • MIKE 21 Spectral Wave Model FM
  • MIKE 21 Flow Model FM
  • MIKE 3 Flow Model FM
  • MIKE 21/3 Coupled Model FM
  • MIKE 21 Boussinesq Wave Model
  • MIKE 21 Flow Model Classic
  • MIKE 21 Flow Model Curvilinear
  • MIKE FLOOD
  • MIKE SHE

Em especial, as séries com malha flexível (flexible mesh) passaram por um processo significativo de otimização envolvendo a paralelização usando a MPI. Com essa tecnologia, o desempenho ficou próximo do limite teórico em termos de capacidade de escala.

A distribuição das tarefas e dos dados se baseia no conceito de decomposição de domínio e utiliza-se a interface de transferência de mensagens (Message Passing Interface - MPI) para a comunicação entre processadores. A malha computacional é dividida em vários subdomínios e as tarefas associadas a cada subdomínio são processadas por um processador individual. A transferência de dados entre processadores se baseia na metodologia de camadas de halos (halo-layer) com elementos complementares.

O gráfico acima (Legenda: Fator de aceleração / Nº de processadores) mostra o aumento relativo de rapidez em função do número de núcleos (cores) utilizados em um modelo com malha flexível MIKE 21. A curva escura mostra os resultados obtidos com a metodologia MPI, enquanto a curva azul mostra os resultados obtidos utilizando o OpenMP. O usuário pode escolher entre as duas opções na hora de realizar a simulação com a malha flexível.




Copyright DHI. Todos os direitos reservados


A DHI enviou este informativo para você a partir de seu cadastramento conosco.
Todos seus dados são mantidos em sigilo e não serão cedidos a terceiros.